Lista de entregas: manual ou digital?

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Quando falamos em logística, automaticamente pensamos em recursos, equipamentos e informações. Há diversas ferramentas que facilitam esse fluxo de trabalho dos atacadistas distribuidores, sendo que muitas delas envolvem tecnologia. Se pensarmos na equipe responsável pela distribuição, a lista de entregas é um instrumento de trabalho essencial para o controle das operações.

Uma lista manual tem a vantagem de só demandar um papel e uma caneta. Na hora de certificar a entrega, o responsável pega a assinatura do varejista e leva a lista de volta para a central, somente após todas as rotas serem concluídas. Outra forma de atuação manual é o contato do motorista no momento da entrega e registro do ocorrido por parte da equipe de monitoramento. Isso agiliza um pouco o trabalho, mas em ambos os casos há um atraso na comunicação e a possibilidade de a lista ser extraviada antes de chegar na central, ou até mesmo sofrer danos devido a intempéries.

Com um software de gestão de entregas, no entanto, os dados ficam seguros depois que são inseridos no sistema. Além de evitar perda de informações, essa ferramenta evita retrabalho, pois a informação é inserida por uma única pessoa, seja o motorista ou alguém da equipe de entrega, e fica armazenada em um banco de dados. Uma solução dessa natureza possibilita o monitoramento em tempo real, munindo a central de informações para tomar decisões que demandem rapidez e agilidade.

Por causa da necessidade de rede (internet), o acesso pode ser limitado em algumas regiões do país. Para evitar problemas com isso, recomendamos uma atenção especial para o plano de dados contratado e para a cobertura da operadora escolhida. Algumas soluções não dependem exclusivamente da internet, elas também podem armazenar dados offline. Nesse caso, a equipe trabalha offline em campo e, ao chegar na central, descarrega os dados gerados no servidor. Se não for possível o acesso à internet via 3G em todas as rotas, peça que a equipe de entregas sempre carregue uma lista tradicional (de papel). Nunca é demais ter um plano B.

E na sua empresa, trabalha-se com a lista manual ou a digital? Você já teve problemas com algum desses sistemas? Deixe seu relato nos comentários.

Já conhece nosso Podcast? Vem tomar um café com a gente!

Deixe seu comentário

Receba os melhores conteúdos sobre logística no seu e-mail e otimize a gestão da sua empresa.


Os conteúdos são 100% gratuitos e você pode parar de receber quando quiser.
Nova call to action

Recomendamos para você:

O que é redespacho?

Muitas pessoas têm dificuldade para identificar o que é redespacho e como isso acontece. E é uma dúvida muito recorrente de quem chega aqui na Lincros, por isso decidi escrever esse artigo para vocês.
All articles loaded
No more articles to load
lincros

Receba os melhores conteúdos sobre logística e ​otimize a gestão da sua empresa

Obrigado por entrar em contato conosco!

Insira seu nome e e-mail para prosseguir para o WhatsApp

lincros

Conecte sua cadeia de transportes ponta a ponta

Uma plataforma. Controle total.