Aprenda a usar indicadores de desempenho logístico

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Como já falamos aqui no blog, os indicadores de desempenho logístico (Key Performance Indicator, ou KPIs)  servem para avaliar e medir o nível de desempenho de processos da empresa. Por conta disso, eles são diferentes e únicos para cada organização, já que refletem sua estratégia e metas. Dessa forma, em uma empresa X o indicador mais importante terá relação com o tempo, enquanto na empresa Y será o custo ou a qualidade.

Mas que indicadores são esses? Neste post, escolhemos alguns que podem ser usados para atacadistas distribuidores, e tem relação com operações de transporte de mercadorias. Esses KPIs são apenas alguns em um universo enorme de possibilidades que uma empresa tem para mensurar resultados. Os quatro indicadores são:

1. Tempo em trânsito

Refere-se ao número de horas desde o momento em que o lote sai do armazém até o momento em que é entregue ao varejista. Com ele, é possível comparar o tempo usado para percorrer rotas diferentes, mas com o mesmo destino. O tempo em trânsito pode variar bastante devido à escolha da rota.

2. Devoluções

Calcula-se dividindo custos das devoluções pelos custos totais de transporte. Números altos podem indicar problemas no empacotamento, acondicionamento ou na expedição dos pedidos (erro de mercadorias, por exemplo).

3. Exatidão das notas de transporte

Divide-se o número de notas de transporte sem erros pelo número total de notas de um determinado período. Preço incorreto, peso diferente ou informações em falta podem ser mencionados como erros de nota.

4. Pontualidade para com os indicadores de desempenho logístico

Este indicador pode ser calculado dividindo-se o número de entregas atrasadas pelo número de entregas totais. O número obtido será a porcentagem de entregas no tempo acordado com o cliente. Esse indicador reflete diretamente na satisfação do varejista.

Dito isto, recomendamos que você escolha os indicadores mais relevantes para sua empresa e os ajuste, se necessário. Depois disso, mantenha o hábito de sempre monitorar os processos relacionados ao transporte das mercadorias. Só assim, você vai conseguir otimizar as operações de entrega, e com isso, melhorar o seu resultado.

Saiba mais com a Lincros!

Já conhece nosso Podcast? Vem tomar um café com a gente!

Deixe seu comentário

Receba os melhores conteúdos sobre logística no seu e-mail e otimize a gestão da sua empresa.


Os conteúdos são 100% gratuitos e você pode parar de receber quando quiser.
Nova call to action

Recomendamos para você:

O que é redespacho?

Muitas pessoas têm dificuldade para identificar o que é redespacho e como isso acontece. E é uma dúvida muito recorrente de quem chega aqui na Lincros, por isso decidi escrever esse artigo para vocês.
All articles loaded
No more articles to load
lincros

Receba os melhores conteúdos sobre logística e ​otimize a gestão da sua empresa

Obrigado por entrar em contato conosco!

Insira seu nome e e-mail para prosseguir para o WhatsApp

lincros

Conecte sua cadeia de transportes ponta a ponta

Uma plataforma. Controle total.