4 dicas para acabar com os desvios de rota da sua frota

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

desvios de rotaDesvios de rota são muito comuns na rotina de distribuidores e podem aumentar os custos de entrega e o tempo necessário para completar a operação. Existem algumas maneiras de evitar que essas mudanças de última hora sejam evitadas, ou, ao menos, não sejam tão frequentes ao ponto de prejudicar a produtividade da frota. Separamos 4 dicas para distribuidores que se preocupam com falhas nos processos logísticos e queiram solucioná-las. São elas:

1. Rotas bem definidas

As rotas devem estar claras para a equipe de entrega, seja em um mapa de papel ou em um sistema mais avançado. Sequência de entrega, postos de combustível disponíveis no caminho, local para almoçar e até para dormir podem ser definidos em uma parceria entre o gestor de entregas e a equipe. O importante é deixar avisado sobre a importância de seguir a rota como foi definida, a não ser que algum imprevisto aconteça durante a viagem.

2. Conhecimento das áreas de risco

Áreas onde é comum ocorrerem assaltos ou roubos de carga devem ser conhecidas e evitadas. Alguns sistemas disponíveis no mercado alertam o motorista antes de passar por uma área de risco. Outros ainda oferecem ao profissional um botão de “pânico”, que avisa à central do ocorrido e permite o travamento geral do veículo.

3. Monitoramento via GPS/GPRS

Usando das informações sobre latitude e longitude do veículos e das localidades que compõe uma rota é possível a criação de “cercas eletrônicas” que enviam um aviso ao controlador/central, informando-o a respeito de desvios de rota do veículo, evitando que o motorista percorra rotas não programadas. Isso garante que o planejamento da viagem seja realmente cumprido, ou seja, é uma forma de garantir que o custo previsto não será alterado.

4. Comunicação em tempo real

Se a equipe de entregas identificar a necessidade de desviar-se da rota, precisa de um meio de contato com a central. Os motivos para que ocorram desvios de rota são inúmeros, e por isso, devem ser comunicados ao gestor de entrega para que este pense em uma alternativa de trajeto e esteja ciente do acontecimento. Se um cliente liga para saber por que uma entrega está atrasada, por exemplo, o gestor pode informá-lo do imprevisto e manter a confiança e a credibilidade da distribuidora. Se você tem outra dica para acabar com os desvios de rota compartilhe sua sugestão nos comentários!

Crédito de imagem: wallyi/CC

hb.mdm-integrar-equipe

Já conhece nosso Podcast? Vem tomar um café com a gente!

Deixe seu comentário

Receba os melhores conteúdos sobre logística no seu e-mail e otimize a gestão da sua empresa.


Os conteúdos são 100% gratuitos e você pode parar de receber quando quiser.
Nova call to action

Recomendamos para você:

O que é redespacho?

Muitas pessoas têm dificuldade para identificar o que é redespacho e como isso acontece. E é uma dúvida muito recorrente de quem chega aqui na Lincros, por isso decidi escrever esse artigo para vocês.
All articles loaded
No more articles to load
lincros

Receba os melhores conteúdos sobre logística e ​otimize a gestão da sua empresa

Obrigado por entrar em contato conosco!

Insira seu nome e e-mail para prosseguir para o WhatsApp

lincros

Conecte sua cadeia de transportes ponta a ponta

Uma plataforma. Controle total.