O que é um BID de transportes e como fazê-lo?

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Chegou o momento de pensar no próximo ano da sua empresa. O mercado se tranquiliza, todos estão pensando em estratégias que possam proporcionar o sucesso da organização no ano seguinte. 

No mercado atual, cada vez mais tecnológico e competitivo, um processo de BID de transportes pode ser muito interessante para entregar resultados reais e palpáveis para as organizações. Dentro disso, escolher as melhores transportadoras é uma tarefa delicada.

Mas afinal, o que é um BID de transportes?

Primeiramente, a palavra BID ou Bidding Process significa oferecer, convidar e dar lances. Na prática, dedica-se a selecionar provedores de serviços gabaritados no mercado, através de requerimentos previamente definidos pela licitante.

Esse processo tem como objetivo principal reduzir custos e/ou sondar valores praticados pelo mercado a fim de obter subsídios para negociação com provedores de serviços atuais, ou até substituir fornecedores que não estejam atendendo as expectativas referente ao serviço prestado.

Na logística não é diferente, é preciso pensar em formas de reduzir custos, além de otimizar processos e, por consequência, gerar lucro à empresa. E, tomando como ponto de partida o atual cenário logístico, cada vez mais dinâmico e competitivo, a opção por um BID de transportes passa a ser cada vez mais eficiente.

Dentro do mundo da logística, o BID de transportes tem como objetivo coletar tabelas de frete de transportadores dispostos e qualificados a fim de atender determinada demanda de transporte.

Como fazer um BID de transportes?

Bid é um processo complexo que dá muito trabalho e exige organização, controle e planejamento, principalmente na área de transportes.

Primeiro, é preciso ter bem definida suas operações, com descrição detalhada do que os possíveis provedores do serviço precisam saber. É preciso ter em mente volumetrias e custos gerais, visando medições e acompanhamento dos resultados.

Após isso, é preciso ter uma tabela padrão de tarifas a ser solicitada para as cotações, nela devem constar todas as exigências operacionais necessárias que os provedores de transporte precisam aceitar e cumprir.

O terceiro passo é definir a concorrência, ou seja, quem irá participar do processo de BID de transportes. Normalmente participam as transportadoras atuais e potenciais, previamente pesquisadas. Depois de tudo organizado, é hora do processo burocrático em si, envio da carta convite, NDA, RFI, envio das informações necessárias e recebimento das propostas. 

Após apurado os resultados finais, é chegada a hora da escolha do(s) prestador(es) dos serviços de transporte e alinhamento final dos ajustes operacionais.

Alguns profissionais de logística acreditam que o BID de transporte serve única e exclusivamente para redução de custos. Então, mudar esse mindset, utilizar ferramentas tecnológicas corretas e fazer um processo de BID corretamente pode trazer um resultado muito maior que uma “simples” redução de custos.

5 dicas que irão tornar um processo de BID de transportes mais eficiente:

Para ter um processo de BID eficiente, vale seguir essas 5 dicas:

1. Tenha claro o objetivo do BID de transportes.

Ao abrir um processo de BID de transporte a empresa deve ter clareza dos motivadores: Redução de custos? Novos provedores de serviço? Pesquisa de mercado? Elevar o nível dos serviços? 

2. Tenha bem definidos os critérios para avaliação.

Logo após definir o objetivo do BID, é preciso clareza em relação à quais serão os critérios para avaliação dos candidatos à prestação dos serviços, quais documentos devem ser considerados, qual será o modelo de contrato, quais competências são fundamentais, etc.

3. Saiba Negociar.

Assim que temos definido o objetivo e os critérios do BID de transportes, entra em cena o poder de persuasão e negociação da sua empresa, que, em conversa com os possíveis provedores do transporte, precisa negociar as melhores condições da prestação do serviço e valor do frete.

4. Escolha bem os vencedores.

Apesar de parecer óbvio e ser um fator de extrema importância, o preço final não é tudo – o nível e a qualidade do serviço prestado precisa ser considerada e andar lado a lado aos custos. Por isso, busque conhecer os ganhadores do processo, como está a saúde financeira e fiscal da empresa, qual o estado atual da frota, visite-os pessoalmente, conheça a estrutura, os colaboradores, etc.

5. Tenha as ferramentas corretas.

Utilizar ferramentas tecnológicas podem facilitar muito a vida de quem pratica BID, podendo tornar o processo muito mais otimizado, aumentando a produtividade e auxiliando no planejamento logístico, tornando muito mais assertivo e visível os resultados finais de um BID de transporte.

Depois de todos os processos realizados, é hora de medir e acompanhar suas entregas. Dessa forma, é possível garantir que tudo o que foi planejado aconteça na prática.

8 benefícios de realizar um processo de BID de transportes automatizado:

  1. Otimização de processos;
  2. Aumento da produtividade e eficiência da equipe interna;
  3. Rapidez e efetividade na troca de dados;
  4. Integração entre fornecedores/transportadores e a empresa;
  5. Agilidade e mobilidade no acesso às informações;
  6. Redução de custos;
  7. Ampliação do nível de serviço;
  8. Planejamento logístico e atuação estratégica.

No entanto, lembre-se: seus transportadores irão representá-lo diante do seu cliente, sendo assim, são uma extensão de sua marca e reputação. 

Quer saber como facilitar e economizar tempo com seu processo de BID de transportes?
Vamos conversar para evoluir seu
processo de gestão de fretes como um todo.

 

Jeferson Rafael Michel
Últimos posts por Jeferson Rafael Michel (exibir todos)

Já conhece nosso Podcast? Vem tomar um café com a gente!

Deixe seu comentário

Receba os melhores conteúdos sobre logística no seu e-mail e otimize a gestão da sua empresa.


Os conteúdos são 100% gratuitos e você pode parar de receber quando quiser.
Nova call to action

Recomendamos para você:

O que é redespacho?

Muitas pessoas têm dificuldade para identificar o que é redespacho e como isso acontece. E é uma dúvida muito recorrente de quem chega aqui na Lincros, por isso decidi escrever esse artigo para vocês.
All articles loaded
No more articles to load
lincros

Receba os melhores conteúdos sobre logística e ​otimize a gestão da sua empresa

Obrigado por entrar em contato conosco!

Insira seu nome e e-mail para prosseguir para o WhatsApp

lincros

Conecte sua cadeia de transportes ponta a ponta

Uma plataforma. Controle total.